Hearing Tracker Q1 2018, Designit 2017

Pesquisas revelam anualmente as maiores necessidades dos usuários de aparelhos auditivos, forçando as indústrias correrem para atender cada uma dessas necessidades individuais.

A Interton sai na frente

Quem se depara com a necessidade de usar aparelhos auditivos normalmente busca:

  • Qualidade de produto
  • Estética
  • Preço acessível
  • Possibilidade de ajustes
  • Facilidade no uso

Pensando em resolver cada uma dessas barreiras, o fabricante dinamarquês GN lançou a marca Interton, com a qualidade e estéticas consagradas da Resound, adicionando ao portfólio aparelhos mais acessíveis, com possibilidades de ajustes incluindo transmissão de audio sem fio (conectividade) e fáceis de usar.

Discutindo cada uma das necessidades dos pacientes

1 – Eu quero ser capaz de participar de conversas

Os acessórios wireless ou sem fio foram feitos para melhorar a experiência auditiva em ambientes de auditório, TV e telefone celular, sempre pensando na facilidade de uso:

Acessórios Wireless Interton

2 – Eu preciso de um aparelho auditivo discreto

Pode-se afirmar que atualmente tamanho não é mais desculpa para quem precisa usar aparelhos auditivos. No entanto, mesmo para quem possui mais necessidade estética, existem aparelhos auditivos da Interton praticamente imperceptíveis:

3 – Eu preciso me acostumar a usar aparelhos auditivos

Era comum com os aparelhos auditivos analógicos nos anos 90 as pessoas não se acostumarem a eles por captarem muito ruído (confira artigo sobre a evolução dos aparelhos auditivos). A durabilidade dos aparelhos auditivos é de aproximadamente 5 anos, sendo que aparelhos auditivos com tecnologia antiga podem produzir algum desconforto, e nesse sentido podemos afirmar que quanto mais recente são os aparelhos auditivos, mais fácil será o processo de adaptação. Leia o tópico Usar aparelhos auditivos vicia?

4 – Eu preciso parar de ter vergonha da minha perda auditiva

A vergonha da perda auditiva pode estar associada ao fator estético discutido no item 2, e à dificuldade em assumir uma deficiência e que estamos envelhecendo, discutido no item 9. Recomendamos este artigo sobre fatores de resistência ao uso de próteses auditivas.

5 – Eu preciso achar informações sobre perda auditiva e aparelhos

A internet é uma grande fonte de informação. Pesquisar sobre os tipos e marcas de aparelhos auditivos, se os aparelhos auditivos são caros, as avaliações de outros usuários, são importantes. Porém, a escolha dos aparelhos auditivos depende de exame de audiometria, condições médicas, anatomia do ouvido, estilo de vida, necessidades pessoais e expectativas. A Inova Audição junto com a Interton oferecem como diferenciais marca dinamarquesa, 2 anos de garantia, assistência técnica própria, laboratório técnico homologado pelo fabricante acoplado à clínica, acessibilidade total e horários estendidos em função do Shopping. Portanto o ideal é que se marque uma avaliação, pois como são classificados pela ANVISA como produtos para uso leigo, existem normas para o comércio de aparelhos auditivos, sendo imprescindível estar diante do profissional habilitado para que este avalie as necessidades do paciente

6 – Eu preciso ter a possibilidade de ajustar meus aparelhos

A maioria das pessoas preferem que seus aparelhos sejam simples de usar, conforme pesquisa. Embora os aparelhos auditivos modernos possuam mapeamento de ambiente, mudança de feixe do microfone, redutores de ruídos, entre outras funções, alguns pacientes, em especial os usuários de aparelhos mais antigos – os quais exigiam uma ação maior por parte do usuário – possuem necessidade de aumentar e diminuir o som, mudar de programa, etc. Portanto alguns dos aparelhos da Interton possuem botões que podem ser configurados no software para que o usuário tenha maior autonomia sobre seus aparelhos. Além disso, aparelhos com conectividade podem ser controlados por acessórios wireless como controle remoto ou aplicativo para celular:

7 – Eu preciso que meus aparelhos auditivos funcionem bem no barulho

Os aparelhos auditivos modernos trabalham o tempo todo monitorando os diversos sons dos ambientes. Seus algorítimos internos possuem um certa inteligência e são capazes de identificar e separar os diversos tipos sons, identificando a fala e eliminando o ruído da conversação. Isso faz com que os aparelhos funcionem bem em ambientes barulhentos ou desafiadores como restaurantes, festas, etc.

8 – Eu preciso ter certeza que posso adquirir um aparelho

A Interton adicionou ao seu portfólio linhas de aparelhos auditivos econômicas. Além disso, existe disponível no mercado o Crédito Acessibilidade do Banco do Brasil, e recentemente através de um decreto a possibilidade de utilizar o FGTS para a compra de aparelhos auditivos. Na Inova Audição você pode comprar seu aparelho auditivo parcelado em até 12X sem juros, ou em 36X no boleto bancário com juros subsidiados (aproximadamente metade dos juros praticados pelos bancos).

9 – Eu preciso sentir que não estou envelhecendo

Dificuldade em aceitar que se tem um problema, conhecer alguém que não tenha se adaptado a aparelhos auditivos e preço alto são fatores que levam à resistência em usar aparelhos auditivos. Entretanto, demonstrar aos outros e a a si mesmo que está ficando mais velho pode ser tão ou mais relevante. Leia sobre os fatores de resistência aqui.

10 – Eu preciso ouvir bem em ambientes abertos, mesmo com o vento

Como demonstrado no item 7, os aparelhos auditivos modernos possuem processadores cada vez mais rápidos, contendo algorítimos ou fórmulas matemáticas capazes de identificar e atenuar os ruídos contidos nos ambientes. Para alguns desses ruídos como o de vento, já existem filtros específicos, os quais a fonoaudióloga pode acionar no software, melhorando, assim, a compreensão nesse tipo de ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *