Uma dúvida muito comum entre os usuários e futuros compradores é sobre a durabilidade dos aparelhos auditivos.

Os fabricantes recomendam a troca dos aparelhos auditivos a cada 5 anos, mais em razão da defasagem de tecnologia que propriamente pelo funcionamento dos aparelhos.

Os aparelhos podem continuar funcionamento por um tempo maior que o determinado pelo fabricante, quando as manutenções e os atendimentos com o fonoaudiólogo são feitos com regularidade.

No entanto, embora os aparelhos auditivos continuem funcionando, sempre haverá aparelhos com mais qualidade a cada ano, uma vez que a pesquisa e desenvolvimento tecnológico dos fabricantes são muito intensos, fenômeno observado nas indústrias modernas.

A cada um ou dois anos as indústrias lançam novos produtos. Pouco tempo atrás não haviam, por exemplo, aparelhos auditivos tão pequenos e que se comunicavam com celulares, TVs, entre outros acessórios, e com algoritmos tão modernos.

Portanto, é importante para o usuário conhecer sobre o processo de obsolescência dos aparelhos auditivos para se preparar para a troca mais adiante, claro, dentro das possibilidades de cada um.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *